Capacitação humana



Você pensa de 60 a 70 mil pensamentos em um dia e, 90% deles são os mesmos do dia anterior.
Os mesmos pensamentos levarão sempre as mesmas escolhas.
As mesmas escolhas sempre levarão aos mesmos comportamentos.
Os mesmos comportamentos levarão sempre as mesmas experiências.
As mesmas experiências produzirão as mesmas emoções e as mesmas emoções conduzirão sempre aos mesmos pensamentos do dia anterior.

...

Nossa biologia, nosso circuito neural, nossa neuroquímica, nosso neuro-hormônio, e mesmo a nossa expressão genética, permanecem exatamente iguais, a como nós pensamos, como agimos, e como sentimos.
Como você pensa, age e sente, é chamado de personalidade, e a sua personalidade cria a sua realidade pessoal.
Então, se você acredita, só um pouquinho nesta ideia de quê a sua personalidade cria a sua realidade pessoal, e você quer mudar a sua realidade pessoal, significa que você deve mudar a sua personalidade.
Como? Pensando sobre o que você pensa.
Você começa a ficar consciente dos seus hábitos e comportamentos e os modificam.
Olhe as emoções que mantem você conectado as experiências passadas e decida se estas emoções pertencem ao seu futuro.
A maioria das pessoas tenta criar uma nova realidade, mas a partir da mesma realidade, e isso nunca funciona.
Nós, literalmente, devemos nos transformar em uma nova pessoa.
Um hábito é um conjunto redundante de pensamentos, comportamentos e emoções, adquiridos por frequente repetição.
Um hábito é algo que você fez tantas vezes, que o seu corpo sabe como fazê-lo tão bem quanto a sua mente.
Assim, se você pensa os mesmos pensamentos do dia anterior 90% do tempo, você demonstra o mesmo comportamento 90% do tempo.
E se você tem as mesmas emoções do dia anterior 90% do tempo, consequentemente você liga os mesmos circuitos no seu cérebro, na mesma sequência, no mesmo padrão e na mesma combinação.
Existe um princípio em neurociência que diz: células nervosas que se conectam, permanecem conectadas.
Então, se você pensa os mesmos pensamentos que o leva a mesmas escolhas, e claro, produzem os mesmos comportamentos que levam as mesmas experiências, que automaticamente produzem as mesmas emoções, ao longo do tempo você configura o seu cérebro em um mesmo padrão finito.
Esta caixa no seu cérebro, é claro que não existe literalmente uma caixa no seu cérebro.
Mas aquela assinatura finita, finalmente se transforma na sua identidade.

A maioria das pessoas, quando está por volta dos 35 anos de idade, transformou-se em um conjunto de comportamentos memorizados, reações emocionais, atitudes inconscientes, crenças e percepções que funcionam como um programa de computador inconsciente.
95% de quem você é na época dos seus 35 anos de idade, é um estado de ser memorizado, pois você fez tantas coisas tantas vezes que o seu corpo agora, as está fazendo melhor que o seu cérebro.
Você pode dizer, eu não consigo consciente lembrar de um número de telefone, ou esqueci a minha senha, mas de repente, você pega o seu telefone, olha para o teclado e seu dedo disca automaticamente o número.

Que isso significa? Você praticou isso tantas vezes que o seu corpo soube fazer isso melhor que o seu cérebro.
Isso é onde 95% de você existe.
Aqui vem a parte mais importante.
Toda vez que você aprende algo novo, você adquire uma nova costura na tapeçaria tridimensional da sua massa cinzenta.
E se você começa a pensar sobre o que aprendeu, você está fazendo o seu cérebro funcionar em novas sequências, novos padrões e novas combinações.
Ou seja, quando for que você fizer o seu cérebro funcionar diferentemente, você está mudando a sua mente, porquê mente é o pensamento em ação.
Então, nós podemos dizer que pensamentos novos devem levar a novas escolhas, e novas escolhas devem levar a novos comportamentos, e novos comportamentos, devem criar novas experiências, e novas experiências, irão criar novas emoções e, estas novas emoções, devem inspirar novos pensamentos.

Isso é chamado evolução, aqui está a dificuldade, o processo de mudança requer que você se torne consciente do seu eu inconsciente.
Digamos que, ao longo do tempo, você se tornou inconscientemente, dependente do sentimento de sofrimento, e todos os seus pensamentos são iguais a este estado emocional, e todo o seu comportamento também é igual aquela emoção, e você pensa os mesmos pensamentos todos os dias, você demonstra o mesmo comportamento, reclamando, culpando, inventando as mesmas desculpas para você mesmo, e estas emoções de sofrimento, levam ao sentimento de culpa e se sente mal, e você não quer se levantar e fazer nada, perde a inspiração.
Mas de repente, você se torna consciente de que você está neste estado.
Então, neste momento você decide que nunca mais vai pensar da mesma maneira, vai agir da mesma maneira, e nunca mais vai sentir da mesma maneira.

Duas horas se passam e tudo está indo muito bem, mas, lembre-se, você condicionou o seu corpo a ser a mente daquela vítima sofredora.
E assim que você interrompe a continuidade química entre o seu cérebro e o seu corpo, o corpo começará a enviar sinais de volta para o cérebro.
E de repente você começa a ouvir uma vozinha na sua cabeça, mais ou menos assim: Por que você não começa amanhã?  Isso é muito desconfortável, isso não parece razoável, é culpa da minha mãe por eu ser assim.
Eu jamais vou mudar.
Isso é o corpo tentando retornar a mente ao estado familiar.
A parte mais difícil do processo de mudança é não fazer as mesmas escolhas que você fez ontem e o extremo desconforto que você sentirá a partir do momento que decidir não pensar, agir, comportar-se e sentir-se como no dia anterior.
Será um sentimento estranho.
Haverá um pouco de incerteza e imprevisibilidade.
No momento em que você se sentir desconfortável, você se lançou no curso das mudanças.
A maioria das pessoas, quando se sentem desconfortáveis, retornam imediatamente ao estado mental e corporal antigos.
Começa a pensar, agir, sentir e se comportar da mesma maneira e diz: agora sim, isso parece normal.
Na verdade, isso parece familiar.
Ir do antigo para o novo eu, é neurológica, química, hormonal e ainda a genética morte do eu antigo.
Aquele vazio, aquele local de incerteza, aquele desconhecido, é o local prefeito para criar, e se você e eu puder se sentir confortável neste desconhecido, decidimos quem nós queremos ser.
Em outras palavras, muitas pessoas dizem que quando estão neste vazio, neste desconhecido, que não conseguem predizer o futuro.
Mas e melhor maneira de predizer o seu futuro, é criá-lo, não no conhecido, mas no desconhecido.

Muito bem, que tal se você dissesse:  com quais pensamentos eu quero ativar e configurar o meu cérebro agora, que comportamentos eu quero demonstrar.
Se você fechar os olhos e começar a pensar como irá agir, o mero ato de ensaiar quem você decidiu ser, começam a instalar os circuitos neurais em seu cérebro para parecer que a experiência já aconteceu.
Isso significa que o seu cérebro agora está preparado para não mais viver no passado, e sim, no futuro.

Agora, que tal se você dissesse: como eu viveria hoje se eu fosse grande, qual seria a melhor expressão de mim mesmo.
Eu posso ensinar o meu corpo como sentir aquele futuro agora?
Se você estiver disposto a cultivar aquele estado emocional, antes de ter a real experiência, então a experiência que você está criando agora sobre riqueza, liderança, paciência, relação amorosa, significam para o seu corpo que tudo já está acontecendo.
O corpo não consegue distinguir entre uma experiência real e uma imaginária, e passa a viver no futuro ao invés de no passado.
Assim, aqui está a pergunta: você pode experimentar um futuro o qual você não pode experimentar com seus sentidos, mas que você já pensou sobre ele tantas vezes que o seu cérebro acredita que essa experiência já aconteceu?
As pesquisas mais recentes em neuro ciência atestam que você pode mudar o seu cérebro, simplesmente pensando diferente, e você pode começar a selecionar novas possiblidades que já existem no campo quântico, e emocionalmente integrar aquela realidade futura em uma grau tão intenso, que o seu corpo como sendo subconsciente, começa a acreditar que está vivendo naquela realidade futura no momento presente.

Este é o momento de relaxar, porque a experiência irá encontrar você.
E virá da maneira que você menos espera, te surpreenderá e não deixará nenhuma dúvida de que o que você fez internamente produziu um efeito no mundo externo.
quando você correlacionar o que fez dentro de você com o que aconteceu externamente, você prestará atenção no que fez e você fará isso novamente.
Isto é chamado capacitação humana e não existe uma só pessoa neste planeta que seja tão especial que possa ser excluída desta equação.

Joe Dispenza

 

Blogs relacionados

Procedimento para Cirurgia humana

Postado por : Lando . on Oct 18 , 16 12:12 PM
Blogs recentes

Capacitação humana

Postado por : Lando . on Sep 3 , 19 02:52 PM

Programa, A Médiun

Postado por : Lando . on Jun 27 , 19 04:22 PM

Porquê nem todos conseguem a cura espiritual?

Postado por : Lando . on May 1 , 19 10:56 AM

Sobre o SITE historico

Postado por : Lando . on Feb 2 , 19 10:04 PM

O cansaço e as novas frequências

Postado por : Lando . on Jan 21 , 19 03:14 AM